FANDOM


Al-khidr

Al-Khidr (à direita) e Dhul-Qarnain maravilham-se ante um peixe salgado que volta à vida ao ser tocado pela "Água da Vida", no Romance de Alexandre

Al-Khidr ("O Verde" em árabe), também escrito como Khidr, Khidar, Khizr ou Khizar é um santo, anjo ou profeta que, segundo a surata Al-Kahf ("A Caverna") do Alcorão (18:66), encontra-se com o profeta Moisés (Nabi Musa, em árabe).

Há um mausoléu dedicado a Al-Khidr em Mahis, na Jordânia. Al-Khidr foi também identificado com o cristão São Jorge, com o profeta hebreu Elias e com o Homem Verde do folclore europeu.

Al-Khidr no Alcorão Editar

Moisés encontra Al-Khidr e pede-lhe permissão para acompanhá-lo. Al-Khidr, sabendo que Moisés possui o conhecimento divino da Torá, o informa com gravidade de que seu conhecimento é de outra natureza e que Moisés não suportaria observá-lo sem fazer perguntas. Moisés promete ser paciente e viajam juntos.

Depois que eles fazem uma viagem de navio, al-Khidr fica para trás e o danifica, tornando-o inseguro. Moisés o critica e al-Khidr o acusa de violar seu juramento. Moisés, ansioso por aprender, pede desculpas.

Em seguida, al-Khidr mata uma criança e Moisés, furioso, viola outra vez seu juramento. Outra vez eles discutem e Moisés pede desculpas, mas o companheiro o adverte de que terá apenas mais uma chance, pois sua paciência está se esgotando.

Por fim, al-Khidr restaura a muralha danificada de uma vila que lhes nega hospitalidade. Atônito com a reação do companheiro aos maus-tratos que receberam da vila, Moisés viola seu juramento pela última vez.

Al-Khidr diz então a Moisés que seu conhecimento é limitado e que muitos atos que lhe parecem malignos expressam a mercê e a providência de Alá. Enquanto se searam, Al-Khidr explica que mesmo que os proprietários tivessem sido prejudicados pelos danos feitos ao navio, isso era uma bênção que se manifestaria quando o rei local confiscasse todos os navios para a guerra. A morte da criança era uma bênção disfarçada a seus piedosos pais, pois ela os faria sofrer, mas agora Alá a substituiria por outra obediente. Quanto à muralha, al-Khidr explicou que debaixo dela havia um tesouro que pertencia a dois órfãos desamparados.

Al-Khidr no Romance de Alexandre Editar

Al-Khidr também aparece no Romance de Alexandre como seu servidor e com ele cruza a Terra da Escuridão para encontrar a Água da Vida. Dhul Qarnain (geralmente identificado com Alexandre Magno) se perde na busca a essa Fonte da Juventude, mas Al-Khidr a encontra e ganha a vida eterna.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória