FANDOM


Na teogonia tupi, Cairé é a lua cheia, uma das ajudantes de Rudá, o deus do amor. Juntamente com Catiti (a lua nova) tem a missão de provocar saudade no coração do amante ausente, fazendo-o retornar para a tribo após suas peregrinações.

Couto de Magalhães, em O selvagem, registra esta invocação à lua cheia, Cairé:

"Ela é minha mãe (a lua)
Fazei chegar esta noite ao coração dele (do amado)
A lembrança de mim''"

Referências Editar

  1. Luís da Câmara Cascudo. Dicionário do folclore brasileiro. Rio de Janeiro, Instituto Nacional do Livro, 1954
  2. Jerônimo Monteiro. "Rudá, deus do amor pagão". Folha de São Paulo. São Paulo, 01 de outubro de 1962
  3. Osvaldo Orico. Mitos ameríndios e crendices amazônicas. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira; Brasília, Instituto Nacional do Livro, 1975 (Retratos do Brasil, 93), p.247-249

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória