FANDOM


Clítia era uma náiade (ninfas aquáticas) apaixonada pelo deus-sol Apolo. Ela sentava-se na grama e observava o sol, e à noite ela se colocava aos prantos. Apolo não a correspondia, o que fez Clítia passar dias e noites sem beber ou comer nada, esperando pelo deus que nunca iria amá-la de volta. E ela ficou assim, acompanhando o curso do sol desde quando se erguia, até quando ele se punha. Dizem que, então, seus pés enraizaram-se no chão e seu rosto transformou-se em uma flor com pétalas brancas, e seu corpo virou o caule verde. A flor acompanhava o sol, assim como Clítia fazia. Surgiu então o girassol.

Há outra versão da história, que chama a náiade de Clície e diz que ela era apaixonada por Hélio, o antigo deus-sol. Mas nessa versão, Hélio a corresponde por um tempo, mas depois se apaixona por uma mortal, Leucótoe. Como vingança, a náiade contou ao pai de Leucótoe sobre a relação dos dois, e este trancou sua filha em uma torre escura para que nunca mais pudesse ver Hélio. O deus não gostou do ato de Clície, então deixou-a para sempre, mas a ninfa nunca deixou de amá-lo. Então ela ficou lá, nove dias e nove noites sem comer ou beber coisa alguma. Os deuses sentem pena de Clície e resolvem transformá-la em uma flor que acompanhe o curso do sol, o girassol ou heliotrópio.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória