Wikia

Fantastipedia

Tétis

Discussão0
825 pages em
Este wiki
Tethys mosaic
Tétis, mosaico em Filipópolis (atual Shahba, Síria), século IV d.C.
IctoonAdicionada por Ictoon

Tétis ou Tetis (do grego Τηθύς, Tethys), a mais jovem das titânides, filhas de Urano e Gaia, era uma deusa das águas, irmã e esposa de Oceano, nutriz de Hera e mãe de pelo menos três mil deuses-rios e igual número de oceânides.

Segundo Walter Burket, o nome Tethys derivaria do acadiano tiamtu ou tâmtu, "mar", cognato de Tiamat[1]. Alternativamente, seu nome pode derivar de ἡ τήθη, ê têthê, "a avó" e relacionar-se com um proto-indoeuropeu *tēta, "mãe"[2].

Em português, o nome da titânide soa idêntico ao da nereida Tétis, mãe de Aquiles, em grego Θέτις, Thetis. Embora a confusão também tenha sido ocasionalmente feita pelos antigos, trata-se de uma personagem diferente, cujo nome é foneticamente diferentemente em grego e em várias outras línguas.

Iconografia Editar

OceanusTethys
Oceano e Tétis, mosaico em Zeugma ou Selêucia, século I ou II d.C.
IctoonAdicionada por Ictoon

Nas pinturas em vasos gregos, Tétis geralmente aparece como uma mulher acompanhada de Ilítia, a deusa do parto e de seu marido Oceano. Nos mosaicos, costuma ser representada com um pequeno par de asas a decorar sua testa, provavelmente em alusão a seu papel como mãe das nuvens de chuva.

Mitos Editar

  • Tétis cuidou da deusa Hera, que lhe havia sido confiada por Reia, quando da luta entre Zeus e Cronos. Em testemunho de gratidão, a esposa de Zeus, mais tarde, reconciliou-a com o esposo, uma vez que o casal havia se desentendido. A residência de Tétis ficava nas extremidades do Ocidente, além da região das Hespérides, onde, a cada tarde, o sol se deita.
  • Hera, indignada com a glória conferida à sua rival Calisto e ao filho Arcas que esta tivera com Zeus, quando este os transformou nas constelações da Ursa Maior e Ursa Menor, voou para sua nutriz Tétis e para Oceano, queixando-se de que sua rival fora divinizada e sentada no Trono do Céu, sobre o próprio Eixo do Mundo, envergonhando-a a cada noite e incentivando outras rivais. Pediu então aos deuses do Oceano que ao menos proibissem Calisto de de mergulhar em suas águas: "que não deixem uma concubina banhar-se nessas águas pura". Tétis e Oceano a atenderam e, por isso, a Ursa Maior nunca se põe.

Notas Editar

  1. Walter Burket, The Orientalizing Revolution: Near Eastern Influence on Greek Culture in the Early archaic Age, Harvard University Press, 1992
  2. Junito de Souza Brandão, Dicionário Mítico-Etimológico da Mitologia Grega, Vozes, Petrópolis 2000.

Referências Editar

  • Junito de Souza Brandão, Dicionário Mítico-Etimológico da Mitologia Grega, Vozes, Petrópolis 2000
  • Theoi: Tethys [1]
  • Wikipedia (em inglês): Tethys (mythology) [2]

Rede da Wikia

Wiki Aleatória